SOBRE NÓS

QUATRO CRAVOS

A Quatro Cravos produz vinhos de elevada qualidade com Denominação de Origem Protegida (DOP) Bairrada e de Identificação Geográfica (IG) Beira Atlântico.

A Quatro Cravos faz a gestão vitivinícola de duas adegas da região da Bairrada: A “Adega Original” e a “Adega Cravo”.

As vinhas estão plantadas em diferentes tipos de solos, compreendendo os argilosos, as margas de argila e calcário e os arenosos de grão variado com maior ou menor presença de barro.

As características dos solos nas regiões onde estão localizadas as Adegas originam vinhos diferenciados, com equilíbrio e sofisticação aromática no interior e com leveza e vigor nas zonas do litoral.

As marcas são apresentadas no mercado com a chancela “By Quatro Cravos” como compromisso de garantia de qualidade e para assumir a responsabilidade institucional da empresa com os seus produtos.

HISTÓRIA

É na adega do sogro, Sebastião da Mota Domingues Gala que Martinho da Silva Cravo se inicia no fascinante mundo do vinho e na arte vinhateira.

Decorria o ano de 1722 quando o padre Manuel Pinto de Aguiar, natural de Vila Boa de Quires de Marco de Canavezes, tomou posse como cura da igreja de São Bartolomeu do Troviscal. O padre era tio materno da Sebastiana Pinto da Mota e a sobrinha veio residir com ele para o Troviscal, vindo a casar, no dia 31 de Agosto de 1732, com Manuel da Fonseca Carvalho, da Póvoa do Carreiro. O tio-cura era bem relacionado na época e amparou o jovem casal, com Manuel da Fonseca Carvalho a ser promovido a alferes em 1741 e catapultado para Capitão de ordenanças em 1755. Na sociedade da região era uma posição do maior relevo social e proporcionou à família uma posição cimeira na escala social e desafogo económico.

O último filho do casal, José da Mota Carvalho casa em 1770 com Bárbara Joaquina dos Santos e é neste ramo original que vai encaixar a família Cravo com o casamento em 1906 de Martinho da Silva Cravo com Maria Rosa Domingues Martins, filha de Sebastião da Mota Domingues Gala, lavrador com larga experiência na arte vinhateira e uma adega composta com duas dezenas de pipas de vinho.

Em 1911 é construída a primeira adega do ramo Cravo, a “Adega Cravo”, com capacidade de quatro lagares e equipada com os equipamentos mais modernos na época. Da adega saiam as pipas de vinho em carros de bois que circulavam pela estrada até à ribeira do Boco onde eram descarregadas para bordo dos barcos moliceiros até chegarem às localidades de destino, localizadas nas regiões ribeirinhas do Furadouro e Ovar. O sucesso dos negócios e o dinheiro farto conduziram o fundador, Martinho Cravo, a vida descuidada e ao desleixo no cuidado das vinhas que acabaram por comprometer as suas possibilidades económicas e conduziram ao definhamento vagaroso da casa de lavoura e da adega.

Apesar das dificuldades, a adega permaneceu na família por mais duas gerações até o bisneto Alberto Cravo, em 2014, formar a “Sociedade Agrícola Quatro Cravos, Lda”, para modernizar o negócio e dar-lhe uma nova dimensão empresarial.

Para ganhar capacidade técnica e um patamar superior de qualidade nos vinhos, a “Sociedade Agrícola Quatro Cravos, Lda” entra em 2015 no capital social da empresa Positivewine, Lda., ficando a enologia entregue à experiência do enólogo Nuno Bastos.

Em 2016 é construída a “Adega Original” por incapacidade de crescimento nas instalações da antiga “Adega Cravo”. Para complementar a produção das vinhas velhas, foram adquiridos terrenos argilo-calcários para plantar vinhas novas e ganhar a dimensão e consistência na produção de vinhos tranquilos e espumantes de elevada qualidade.

No final de 2021 ocorre a fusão das duas empresas com a integração da PositiveWine nos ativos da “Sociedade Agrícola Quatro Cravos, Lda., ao mesmo tempo que a “Adega Cravo” é incorporada na “Adega Original”, de forma à empresa ganhar a sua forma definitiva com atividades alargadas às áreas vitícola, vinícola e enoturismo.

ATUALIDADE

Com uvas de qualidade, dedicação, esforço e muita paixão, procuramos a excelência permanente em cada uma das garrafas de vinho que produzimos.

                                                     Empresário Dr. Alberto Cravo

A primeira preocupação da empresa foi manter o legado ancestral da família Cravo no trabalho das vinhas e intervir de forma minimalista na fase de produção. Foi definido manter apenas a produção dos encepamentos de castas tradicionais da Bairrada.

A “Sociedade Agrícola Quatro Cravos, Lda.” assume o compromisso de fazer a comunhão entre a gestão profissional moderna e os valores vinhateiros tradicionais da família Cravo para produzir vinhos autênticos com as marcas “Pé de Ganso”, “Original”, “Flutt” e “Positivo” a partir das uvas colhidas nas parcelas de vinha localizadas na Bairrada, nas povoações de São Lourenço do Bairro, Ancas, Amoreira da Gândara e Troviscal.

SUBSCREVA A NEWSLETTER

Receba no seu e-mail todas as novidades.

pt_PT